Gabriela Keil

Profissional:

Gabriela é Master Coach pelo Behavioral Coaching Institute e Sociedade Brasileira de Coaching, especializada e licenciada no nicho Coaching para Pais pela The Parent Practice (Londres), membra do International Coaching Council, psicóloga clínica e mãe de um menino de 7 anos.

Marque a sua sessão experimental

O que observo:

Nós pais/educadores queremos que nossas crianças cresçam fortes, independentes e decididas. Podemos fazer disto um objetivo para ser atingido. Geralmente pressupomos que as crianças irão colaborar e quando isto não acontece ficamos, muitas vezes, indignados. As medidas drásticas que adotamos, movidas pela indignação, acabam provocando nos filhos a indesejável resistência e o lar doce lar passa a ser um campo de batalha que se configura com um ciclo bastante negativo.

Meu objetivo:

Auxiliar famílias a começarem ou retomarem um ciclo de relacionamento positivo. Devemos lembrar que nós pais somos os primeiros e mais importantes professores de nossos filhos e que num sentido mais profundo também podemos aprender muita coisa com eles. Gosto de pensar que Pais e Filhos vivem num relacionamento que sempre precisa ser visto de ambos os ângulos. Ensinamentos recíprocos, são constantes!

Meus Princípios:
1- A aceitação incondicional do filho promove autoconfiança. Acredito que a criança nasce pronta para absorver, mas cada uma no seu próprio tempo, com o seu jeito único de aprender. Nós conseguimos entender nossas crianças quando as escutamos e observamos o processo do seu desenvolvimento.

2- Respeito ensina respeito. Os pais devem reconhecer e considerar os desejos da criança, sejam eles quais forem. Devemos entender que o que é de interesse da criança é tão importante quanto o que nós achamos interessante. Emoções e desejos são sempre aceitos e reconhecidos, mesmo quando o objeto de interesse não pode ser dado.

3- Todas as crianças querem fazer a coisa certa. E farão, sempre que elas puderem. Se a criança não estiver em um estado receptivo, ela não irá aprender. Em outras palavras, ela deve querer aprender e escutar o que está sendo ensinado. Não devemos achar que só porque ela é a sua criança, ela vai fazer o que você quer. Quando aparece uma resistência isto significa que ela está tendo um problema e não sendo um problema. Existe um obstáculo na frente dela, que a impede de fazer o que sabe que é certo. E é este obstáculo que precisamos trabalhar, para que o seu comportamento mude.

4- Comportamento são pistas para que os pais possam entender o que está internamente acontecendo com a criança. Existe uma necessidade interna não suprida que se torna em um comportamento não desejado.Caso o comportamento for administrado com recompensas ou punições, perdemos a percepção da verdadeira necessidade interna e o comportamento fica mais forte e dramático, dificultando que a criança aprenda. Um comportamento nunca deveria ser visto com tanto valor, mas sim o sentimento que está por traz dele.

5- Punição nunca é efetiva.  Nossa abordagem está focada em resolver problemas ou conflitos para podermos desenvolver a responsabilidade nas crianças. Quando ameaças e culpa não são usadas (ex de ameaça: ”Se você não…, não poderá…”), comportamento defensivo não é necessário e a criança está livre para perceber a verdadeira consequência de seu comportamento. Devemos escutar o seu lado da história e achar um meio-termo que fique bom para todos os envolvidos.

IMG_1481

Marque sua sessão experimental

DEPOIMENTOS:

“Comecei esse processo de Coaching para Pais por curiosidade, pois acho que como pais temos que estar sempre atentos ao que pode trazer benefícios e crescimento para essa experiência transformadora, profunda e única que é ser pais.
Com o passar das sessões fui descobrindo que este processo também é extremamente transformador para mim como pessoa.
Me permiti conhecer e entender ou mesmo redescobrir minhas necessidades, crenças e capacidades. Estou me tornando capaz em defini-las como mãe e assim oferecer ao meu filho, o melhor que encontro dentro de mim.”
Mírian, mãe do Arthur 06 anos

“Iniciei a proposta de Coaching para Pais com a Coach Gabriela Keil cheia de expectativas para melhorar meu relacionamento com meus filhos, esperando dicas para lidar com as turbulências da maternidade. Mas, ao terminar a primeira sessão, já me sentia outra pessoa. A proposta de coaching faz com que você assuma a responsabilidade diariamente para ter sucesso no que você se propôs a mudar. Estabelecemos metas, somos desafiados a cada sessão e recebemos um suporte excelente através de “presentes” que embasam nossas atitudes. Depois de poucas sessões, posso dizer que não sou mais a mesma mãe. Meus filhos percebem essa nova conexão e as transformações são imediatas. Tudo isso extrapolou as relações da maternidade. Tenho usado esses princípios na minha vida profissional e pessoal e só tenho a agradecer.”
Letícia , mãe do Pedro 08 anos e Ana 02 anos

“Bom, falar de Coaching para Pais é falar de um presente inusitado. Sou formada em Coach Business que aplico diariamente em minha gestão e pensava que tinha adaptado tranquilamente para minha família. Agora vivenciando o trabalho da Gabriela Keil percebo a importância de um especialista. A habilidade da Gabriela como pessoa e profissional está transformando minha rotina de MÃE mais leve, prazeirosa e segura, afinal ser mãe é um desafio de responsabilidade a cima da media e como sabemos, sem manual.
Tenho feito a seguinte analogia: posso derrubar uma rocha com marretas, mas também posso me valer da grande invenção e usar dinamites, mais rápido, eficiente e menos sofrido. Assim está sendo o trabalho de Coaching com a Gabi.
Quando me formei no Coach Business eu já sonhava que as escolas deveriam oferecer este treinamento a professores e agora fazendo Coaching Para Pais meu sonho reacendeu e fico imaginando o salto que daria na educação e estruturação de nossas crianças.
Enfim ,contar com esta ferramenta é acima de tudo contribuir para um desenvolvimento sócio educativo com mais qualidade, bem estar e satisfação.
Obrigada Gabi por me proporcionar me sentir “MAIS MÃE” e assim me sentir mais feliz”.
Elaine, mãe da Valentina 07 anos

“Gratidão Gabriela por todo o apoio e pelas descobertas, é um prazer enorme ter você como Coach. Sua disponibilidade, compromisso e competência técnica já me auxiliaram muito!!!! Além dos excelentes recursos que você usa! Gratidão”!
Rayssa, mãe do Kauã 11 anos.

“Eu gostaria de agradecer pelo encontro de hoje. Eu vim para casa me sentindo muito positiva. O curso Pais Positivos me fez ver que o que eu fiz até hoje não estava ‘errado’, mas que existem áreas que eu posso trabalhar para melhorar”!
Julia, mãe de 4 crianças

“Honestamente eu achei o curso Pais Positivos bárbaro. Tem nos dado técnicas realmente acessíveis e eu me sinto feliz em usá-las. O conteúdo, qualidade e velocidade do curso foi ótima e nos sentimos gratos por ter acesso a essas novas técnicas”.
Ursula, mãe de 2 crianças

“A coisa que mais me surpreende sobre o curso não foi o impacto que este teve nas minhas crianças, mas sim o impacto que teve em mim! Eu fui constantemente desafiada semana após semana e o resultado foi transformador na minha vida e nos membros da minha família”.
Lana, mãe de 2 crianças

“Eu estou achando o conteúdo desafiador e provocativo, mas muito vantajoso. Eu estou começando a me sentir mais calma e mais em controle – Eu não sinto que preciso ser tão mandona/gritona todo o tempo e os meninos estão respondendo bem quando pedimos a opinião deles e nos ajudam a achar soluções”.
Jo, mãe de 3 crianças

 Venha! Transforme sua vida parental!!!